Arquivo para março \31\UTC 2010

Coturnos

Diz a lenda que o inverno vai chegar! Se alguém ainda lembra o que é frio, no meio desse calor escaldante, já deve estar pensando o que vai usar nos pezinhos. Botas, claro! Mas uma que está super em alta, chegando junto com o estilo militar, é a bota coturno. Uniforme de militares e punks – os primeiros seguindo as regras e os últimos breaking all the rules – os coturnos agora também estão nos pés das fashionistas. Mas usar com o quê? Sem regras, sua imaginação é que manda: com calças skinny, vestidos leves, shorts, spencers, coletes, camisas, micro vestidos, muito xadrez e, claro, com o estilo militar.

Esse coturno estilizado da Farm é lindo. Muito feminino.

Anúncios

Quero Fazer Esse olho

Eu acho Kate Moss tudo! Sempre que ela aparece fico horas olhando para a roupa,  o cabelo, e dessa vez amei esse olho que ela fez. Sem medo de ser feliz, ela foi de olho tudo e boca tudo! Ela pode! Ela sustenta! E como se diz em marketing, ela tem teflon: nenhum escândalo gruda e abala a carreira dela. Ela dá uma sacudida, espana a sujeira e reaparece ainda mais linda, estilosa e poderosa. Como pode né?! Bora fazer esse olho no finde!

Na moda é bom ter pressa, mas também é muito bom ter calma

Principalmente para quem é só usuária de moda como eu, uma apaixonada que não trabalha com moda, só a usufrui. Explico: nós que adoramos moda estamos sempre fuçando o mundo fashion, lendo revistas daqui e de fora, entrando em zilhões de blogs do mundo todo. Acabamos sabendo o que vai ser usado no verão, quando ainda é inverno por aqui e vice-versa. Sabemos o esmalte que vai bombar, a tendência ombro que vai ser um sucesso, a ankle boot peep toe que já está sendo usada há muito lá fora, o clog que foi desfilado, enfim, temos muita informação. E aí, quando a tal informação acaba virando realidade no cabide de uma loja, periga da gente nem querer mais saber daquilo e já estar de olho na próxima tendência e por aí vai. Por isso a chamada desse post: vamos ter pressa para ser bem-informadas, saciar nossa paixão, mas vamos ter calma e usar a tendência quando ela finalmente chegar, meses depois da gente já ter saboreado, digerido, tomando o cuidado de não enjoar daquilo. Se não ficamos num eterno correr atrás de tendência, sem fazer o mais gostoso que é filtrar tudo e usar uma roupa que nos deixa maravilhosas! É como aquela música (linda) do Almir Sater: “Ando devagar porque já tive pressa”. É bem por aí!

Será que enjoamos de tudo isso, antes de chegar nas lojas?

Você que apenas tratar dos lábios ou mostrar se está animada?

Pois é, agora para comprar batom e gloss, devemos fazer essa pergunta também. Se quiser apenas cuidar do ressecamento da boca, o mais novo lançamento da inglesa Udder Cream são os lipbalms feitos à base de leite, nos sabores de menta, manga, mel e romã. Dizem que o sucesso desse lipbalm é a fórmula de uma antiga receita de um fazendeiro.

Agora, se você quiser mostrar quando estiver excitada, então use o gloss Too Faced. Ele muda de cor, quando a mulher está a fim de algo a mais. Parece que a Dior também tem um batom assim. Esse é para quem é corajosa.

Nenhum dos dois chegou no Brasil ainda.

Karim Rashid

Para quem está no Rio, a pedida nesse finde é conferir a exposição Blobular World do Karim Rashid, artista plástico e designer anglo-egípcio, que está expondo pela primeira vez na cidade. No Brasil, nós conhecemos bem ele pela parceria que fez com a melissa, criando aquele scarpin super futurista e um relógio, não menos moderno.

Mas Karim é um artista de sucesso pelo mundo afora e já desenvolveu design para marcas como Prada, Alessi, desenhou garrafas de água mineral, fez o design de restaurantes, elaborou identidade visual corporativa para empresas como Citibank e Hyundai etc. Para quem adora moda e design, programa imperdível.

Garrafa da Água MIneral Finé, criada por Karim Rashid

Restaurante com design criado por ele

Mamadeira criada pelo Karim

Mais relógios criados pelo Karim Rashid

Onde: Galeria Arte em Dobro, no Leblon (Rua Dias Ferreira, 417/2º andar)

Quando: até o dia 23 de março

Por que: “Meu desejo é ver as pessoas viverem o nosso tempo, participarem do mundo e liberarem-se da nostalgia, das tradições antiquadas, velhos rituais, do kitsch e do vazio, do desnecessário. Devemos ser conscientes e sintonizar com o mundo atual. Se a natureza humana é viver no passado, mudar o mundo é mudar a natureza humana”- Karim Rashid

Alice no País das Maravilhas – Chapeleiro Maluco

Um dos personagens que eu mais gosto no Alice no País das Maravilhas é o Chapeleiro Maluco, que no filme de Tim Burton vai ser encarnado pelo Johnny Depp. O Chapeleiro do livro é completamente maluco beleza, brigou com o tempo e resolveu que toda hora são seis horas da tarde, hora de ele tomar chá. Não é o máximo isso? A gente brigar com o tempo e criar nosso próprio tempo, perpetuando aquilo que a gente adora fazer!

E, uma das características dele é usar um chapéu, claro. E aí eu me pergunto: por que acabou o costume de se usar chapéu? Eu sempre amei chapéus e, quando morava em São Paulo, sempre usava boina no inverno. Uma vez eu passei férias em Campos do Jordão e levei uma malinha só de chapéus! Aqui no Rio eu uso só na praia e as pessoas sabem que para me encontrar na areia, a referência é sempre meu chapéu. Então meninas que adoram chapéus, vamos fazer que nem o Chapeleiro Maluco e criar nossos próprios costumes, voltando a usar chapéu por aí?!

Existe coisa mais charmosa do que uma chapéu Panamá?

Mischa Barton e Georgia Jagger de chapéu coco, muito estilosas. Quem não lembra do livro Insustentável Leveza do Ser e a personagem Sabina com o seu chapéu coco. E, claro, o símbolo do Carlitos, de Chaplin.

Inspiração para Segunda – 08 março – Dia da Mulher

A Mulher

“Ó mulher! Como és fraca e como és forte!
Como sabes ser doce e desgraçada!
Como sabes fingir quando em teu peito
A tua alma se estorce amargurada!

Quantas morrem saudosas duma imagem
Adorada que amaram doidamente!
Quantas e quantas almas endoidecem
Enquanto a boca ri alegremente!

Quanta paixão e amor às vezes têm
Sem nunca o confessarem a ninguém
Doces almas de dor e sofrimento!

Paixão que faria a felicidade
Dum rei; amor de sonho e de saudade,
Que se esvai e que foge num lamento!”

Florbela Espanca

Célebre o seu dia, seja forte e frágil, firme e suave, sofisticada e simples, corajosa e medrosa, protetora e carente, viva toda a multiplicidade que te faz única. Feliz dia da mulher!


Categorias

Siga o Hi Lo Pot Pourri no Twitter

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 2 outros seguidores